Há quem espere… E quem desespere

0
584

Quantas vezes perdeste a paciência nas urgências? E quando se esquecerem da consulta que tinhas marcada há meses? Tem calma… No próximo dia 20 de março, o Instituto Politécnico de Tomar (IPT) (Campus Quinta do Contador) vai falar sobre a violência nos serviços de Saúde. 

O colóquio surge de um trabalho académico realizado sobre a “Influência da formação no atendimento ao utente” na Unidade Curricular de Gestão de Recursos Humanos sob coordenação de André Escórcio. “Para respondermos a estas questões realizámos um estudo, sob a orientação do Dr. André Escórcio Soares, do Instituto Politécnico de Tomar, durante o qual questionámos alguns utentes das USF de Marmelais e de Santa Maria dos Olivais, acerca do seu nível de satisfação com a sua unidade de saúde. Tentámos ainda perceber, como é que os utentes encaravam a comunicação e o relacionamento entre o utente e o profissional de saúde”.

“Numa situação de violência o mais importante não é saber quem tem a culpa, mas sim estudar todo o processo que leva à agressão. Para isso é preciso entender, por um lado, quem são os utentes, o que esperam das unidades de saúde, como olham para elas, qual o seu grau de satisfação e por outro, qual a formação que os profissionais de saúde têm para comunicar com os utentes”, acreditam Jorge Cartaxo, Ruben Loureiro e Mónica Patrocínio, alunos do 2º ano da licenciatura de Gestão e Administração de Serviços de Saúde, na Escola Superior de Gestão de Tomar.

Os mesmos alunos sugerem, no trabalho apresentado, que “Os técnicos de saúde devem desenvolver cada vez mais competências na área da comunicação. Fazendo uma comparação entre as várias áreas profissionais existentes nas USF podemos afirmar que a enfermagem é quem tem classificações mais altas em termos de satisfação dos utentes e os serviços administrativos as mais baixas. Podemos colocar a hipótese de que estes resultados são potenciados pelas horas de formação que os profissionais de enfermagem recebem durante a sua vida académica”.

[Foto: Purple Phoenix @ Flickr]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*