Mulheres ao poder!

0
2109

Não usam gravata e nem os saltos altos são impeditivo algum para chegar ao topo de uma empresa. São elas mulheres portuguesas dispostas a trabalhar duro para triunfar num mundo onde ainda se diz e se sente que é dos homens – como lembra a música de James Brown “It’s a man’s man’s man’s world”

 

Maria do Carmo Alvim e Rita Melo
Designer da Xuz

Socas de madeira continuam na moda

A nova coleção da Xuz é de calçar e chorar por mais.
A nova coleção da Xuz é de calçar e chorar por mais.
A marca portuguesa Xuz nasceu em 2008 e fabrica botas, socas e sandálias de madeira, numa espécie de nostalgia – recordando os socos que o povo português usava há umas décadas atrás, quando os carros de bois eram os que circulavam com abundância nas estradas… Com a ajuda de um pauseiro em São João da Madeira e de um tamanqueiro de Barcelos, Maria do Carmo Alvim e Rita Melo decidiram começar a produzir socas modernas mas sempre fiéis à madeira – neste caso madeira de amieira, já que é mais leve e ao mesmo tempo resistente.As famosas socas da Xuz estão à venda em Portugal, Alemanha, Finlândia, Itália, Holanda, Noruega, Dinamarca, Suécia, Japão e Inglaterra. São artesanais, podendo esgotar por se tratarem de edições limitadas, mas ao mesmo tempo exclusivas para quem as comprar, coisa que está muito longe de acontecer com artigos massificados de grandes armazéns.

Sandra Correia
CEO da Novacortiça e da Pelcor

Cortiça jovem, inovadora e eco-friendly

Sandra Correia, CEO da Novacortiça e da Pelcor.
Sandra Correia, CEO da Novacortiça e da Pelcor.
“Empreendedorismo do Ano” em 2009, “Prémio Desafio” em 2010 e “Melhor Empresária da Europa” em 2011. Além destes prémios, Sandra Correia junta ainda ao seu currículo o título de “Mulher Portuguesa 2011”, atribuído pelo site de empreendedorismo No Feminino Negócios. Enquanto CEO da Pelcor – uma microempresa nascida em 2003 e especializada na produção de acessórios de moda, produtos de design e “gifts” em pele de cortiça – Sandra Correia já levou os seus produtos até aos EUA, nomeadamente ao Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMa). A Pelcor tem duas lojas em Portugal (São Brás de Alportel e Lisboa) e está representada em países como a Holanda, Reino Unido, Suíça, Suécia, França, Rússia, Moçambique, EUA, Canadá e Arábia Saudita.
Já a Novacortiça, empresa industrial dedicada sobretudo ao fabrico de discos de cortiça natural para rolhas de champanhe, foi distinguida pela Comissão Europeia como exemplo de boas práticas e de que romper com os estereótipos de género.

Inês Caleiro
Diretora criativa da Guava

Calçado 100% português e 100% fashion

Inês Caleiro, Diretora criativa da Guava.
Inês Caleiro, Diretora criativa da Guava.

Formada em Design Gráfico pelo IADE – Instituto de Artes Visuais, Design e Marketing de Lisboa e em Moda e Produto pela London College of Fashion, Inês Caleiro venceu o “Best Student Award”, na London College of Fashion e foi logo convidada para trabalhar com Jimmy Choo, que demonstrou o que esta jovem empreendedora suspeitava: a sua paixão por sapatos. Lançada em 2011, a marca de sapatos Guava herda o nome do fruto preferido de Inês, a goiaba, e está já presente nas cidades de Lisboa, Porto, Coimbra, Viseu, Madrid, Barcelona e Roterdão… E uma coisa é certa: aqui qualquer Cinderela pode encontrar o seu par perfeito de sabrinas, sapatos, botas e botins.
As coleções variam de temática – a primeira chamou-se “Archi.TEC” e foi inspirada na arquitetura e a segunda “Pixel” e teve influências do mundo virtual, sendo que todo o calçado é elaborado à base de peles vegetais curtidas de forma não química e não poluente. De destacar ainda que o empreendedorismo de Inês foi reconhecido pelos Fashion Awards Portugal 2011, para os quais foi nomeada.

Maria da Purificação Tavares
Fundadora, presidente e diretora clínica do CGC Genetics

Genética médica pioneira

Maria da Purificação Tavares, fundadora, presidente e diretora clínica do CGC Genetics.
Maria da Purificação Tavares, fundadora, presidente e diretora clínica do CGC Genetics.
Maria da Purificação Tavares é Professora Catedrática de Genética Médica e Genética Orofacial da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e membro da Direção do Colégio de Genética Médica da Ordem dos Médicos. Criado em 1992, o CGC Genetics/ Centro de Genética Clínica é o primeiro e principal laboratório privado prestador de testes de genética médica em Portugal e um dos principais a nível europeu. Ao longo dos últimos quase 20 anos tem recebido pedidos para análises genéticas de hospitais nacionais e internacionais, públicos e privados, bem como clínicas, companhias de seguros e universidades.
O CGC tem um currículo de prémios invejável, mas a título de exemplo, vamos apenas citar alguns dos mais recentes, tais como o Estatuto PME Excelência 2011, atribuído pelo IAPMEI, o prémio Hospital do Futuro 2010/2011 (1º Lugar na Categoria “Biotecnologia” e o Prémio Emerging Innovative Business, atribuído pela Câmara de Comércio Luso-Americana de New Jersey.

Luísa Lampreia
Proprietária da Artisani

Gelados com sabor a sucesso

Artisani - O sabor do mês é mais do que apetecível...
O sabor do mês é mais do que apetecível...
Tal como muitas jovens mulheres qualificadas, Luísa Lampreia passou pela situação de desemprego, mas em vez de ficar deprimida com os noticiários e as taxas de desemprego, decidiu apostar no seu próprio negócio e, com o apoio da família, embarcar no mercado dos gelados tradicionais com a Artisani. Os gelados da Artisani são gelados com a textura e a frescura do verdadeiro gelado artesanal italiano. Para além de novos formatos de venda de gelado artesanal, como os gelados de pau (Eskimós e Pinguins), lollipops e bolos de gelado diversos, a Artisani criou um conjunto de sabores gourmet que a diferenciam no mercado – possuindo até gelados com sabor a bolacha Oreo, cenoura, sangia, vinho verde ou, imaginem com sabor a bolo-rei!
A Artisani é um exemplo de persistência e dedicação que já alcançou renome nacional e internacional – estando já a receber propostas de Moçambique, Angola, Polónia e Espanha.

Filipa Pato
Enóloga e produtora de vinhos

Um copo de vinho dá muito trabalho!

Filipa Pato, enóloga e produtora de vinhos.
Filipa Pato, enóloga e produtora de vinhos.
Filipa Pato é filha de Luís Pato, um dos mais conhecidos produtores de vinhos portugueses, e tem sido reconhecida nacional e internacionalmente pelo seu trabalho na produção de vinhos com castas tradicionais das regiões da Bairrada, Dão e Beiras – em 2011 recebeu o prémio “Newcomer of the Year”, no âmbito dos “Wine Awards 2011”, galardões da prestigiada revista alemã de gourmets “Feinschmecker”.
Partindo da observação das vinhas que acompanha ao longo de todo o ciclo vegetativo e dos vinhos que dão origem, Filipa tenta criar uma base de conhecimento que lhe permita avaliar de que forma a exposição solar, o tipo de solo, a floresta envolvente, a idade da vinha, a casta e a condução da videira influenciam o vinho. A sua marca própria é a FP wines & sparklings, trabalhando ainda na Vinhos Doidos, empresa criada por Filipa juntamente com o seu marido, William Walters.

 

[Foto: Guava | APME | Artisani | Filipa Pato | Pelcor]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*