‘Caça’ ao plágio na Universidade do Porto?

0
869

Testes de mestrado copiadas da Wikipédia e trabalhos de grupo made in google têm os dias contados. A Universidade do Porto (UP) começou a utilizar o Turnitin, um software que permite detetar a originalidade dos trabalhos académicos e que vai passar a estar integrado na plataforma Moodle – utilizada pela UP e por várias outras instituições de ensino superior portuguesas.

Contudo, o Turnitin não funciona por defeito, sendo preciso o professor responsável escolher aplicar o software na unidade curricular que leciona.

A ferramenta vai estar licenciada durante um ano para testar a reação dos seus utilizadores. No entanto, na sua página oficial, a UP disse que não pretende andar à ‘caça’ ao plágio, pretende é alertar e consciencializar a comunidade académica para os riscos de todas as práticas que violem os direitos de autor.

[Foto:bildungblog.blogspot.com]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*