Furar depósitos para roubar gasolina e muito mais…

0
725

Todos os dias, de segunda a sexta-feira, a partir das 10h da manhã, vagas de pequenos criminosos acorrem à zona Oriental de Lisboa. Não para praticar delitos, mas para responder por eles. Não vais querer perder estes relatos dignos de um filme do Tarantino em “Sacanas com Lei”, de Sílvia Caneco e Rosa Ramos, pois não?

É aí que fica o Tribunal de Pequena Instância Criminal, onde as jornalistas do i Rosa Ramos e Sílvia Caneco testemunharam, ao longo de vários meses, dezenas de histórias mirabolantes do pequeno crime à portuguesa como estes: Michel agrediu um polícia e chamou-lhe “veado”; António conduzia com uma taxa de alcoolemia de 1.7 porque tinha mesmo de levar umas amigas a casa; Carlos furou um depósito para roubar gasolina; Rodica tentou desviar 490 euros em roupa de uma loja; Mihai passeava no centro comercial com uma faca de vinte centímetros embrulhada num jornal…

Edição: 2012
Páginas: 228
Editor: Oficina do Livro
PVP: 13,90 euros

[Foto: Oficina do Livro]

Partilhar

Comente este artigo

Please enter your comment!
Please enter your name here

*